UEA - UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS UEA - PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO E ENSINO DE CIÊNCIAS NA AMAZÔNIA
 
institucional
Apresentação
> Programa de Pós-Graduação em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia - PPGECA
2.1 Conceito na CAPES 4
BOAS VINDAS
O Programa de Pós-Graduação em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia (PPGECA), vinculado à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação e funcionando na unidade Escola Normal Superior, cujo início é concomitante à criação da UEA, uma vez que teve sua origem a partir das atividades de iniciação científica (Programa PAIC/FAPEAM), assim como dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu em Pesquisas Educacionais e em Gestão Escolar, do ponto de vista histórico, deu e continua dando a sua devida contribuição para alicerçar os pilares que sustentam a universidade em questão.
A partir das atividades de ensino e pesquisa mencionados, surgiram inquietações que mobilizaram um grupo de professores a começarem a pensar na construção de uma proposta de Curso de Pós-Graduação Stricto Sensu, a ser preenchida no formulário do Coleta Capes. Para tanto, foi feito um levantamento de demanda sobre a realidade da formação continuada Stricto Sensu local, no qual detectado que, além das outras carências, uma das mais evidentes era a vinculada à Área 46 (Ensino de Ciências e Matemática). De posse dessa evidência, assim como do fluxo de pesquisas referentes àquela Área, e da experiência obtida a partir dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu mencionados, que foram oferecidos à comunidade local, surgiu o primeiro curso do PPGECA: o Mestrado Profissionalizante em Ensino de Ciências na Amazônia. Posteriormente, o segundo curso: Mestrado Acadêmico em Educação em Ciências e, por fim, o terceiro curso: o Doutorado em Educação em Ciências e Matemática (REAMEC).

Coordenador: Prof. Dr. Augusto Fachín Terán
E-mail: fachinteran@yahoo.com.br
Endereço: Avenida Djalma Batista, 2470. Chapada, Manaus - Amazonas - Brasil CEP: 69050-010 - Telefone/Fax: 55 92 3878-7726
- DOUTORADO EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS E MATEMÁTICA (PÓLO AMAZONAS)
3.1 Conceito na CAPES - 4
3.2 Caracterização do Programa
Este é um Programa de Pós-Graduação, stricto sensu, de doutorado em Educação em Ciências e Matemática. Constitui-se em uma proposta de associação em rede (AR) de Instituições de Ensino Superior dos Estados que integram a Amazônia Legal. É um programa de doutorado que visa à formação de pesquisadores e formadores de professores na Àrea de Educação/Ensino de Ciências e Matemática, com o propósito de fortalecer esta área na Região Amazônica, especialmente no âmbito das licenciaturas em Física, Química, Biologia, Matemática e Pedagogia.
3.3 Objetivos do Programa
- Formar docentes pesquisadores, em nível doutoral, na área de Ensino de Ciências e Matemática, tanto em termos teóricos, quanto metodológicos de pesquisa e ensino, capazes de uma atuação docente altamente qualificada e de produção de conhecimentos na área, no contexto das relações Ciência-Tecnologia-Sociedade-Ambiente, com especial relevo às questões da Amazônia.
- Constituir NÚCLEOS DE ESTUDOS E PESQUISAS em Educação em Ciências e Matemática, em cada Estado da Região Amazônica e Redes de Pesquisa entre Instituições associadas, de modo a consolidar grupos de pesquisadores aptos a construir conhecimentos na área.
- Contribuir efetivamente para formação dos formadores de professores, em especial aos docentes que atuam nas Licenciaturas em Química, Física, Biologia e Matemática e docentes que atuam na área e em cursos de Pedagogia.
- Formar um número de doutores da região capazes de propor e assumir a formação de professores em nível de mestrado e em projetos de formação continuada para a Educação Básica, concorrendo, assim, para mudanças de patamar na qualidade do ensino e da pesquisa na Região Amazônica.
3.4 Perfil do profissional a ser formado
O doutor em Ensino de Ciências e Matemática, egresso do Programa de Doutorado em Educação em Ciências e Matemática, é aquele profissional pesquisador engajado na construção da cidadania, desenvolvendo pesquisas e produzindo conhecimentos na área, com vistas à implantação e implementação de projetos promotores do desenvolvimento regional e local. Um profissional docente-pesquisador-formador diferenciado, atuante em projetos e ações que incidam em processos e/ou produtos que promovam a melhoria da qualidade do ensino e aprendizagem na Educação Básica e da Formação inicial e continuada de professores e para o ensino de ciências e matemática. Tais profissionais precisam ser qualificados com atributos especiais de autonomia, de competência e de inovação, que os tornem capazes de formular, planejar, desenvolver e avaliar (1) projetos pesquisa, (2) novas metodologias e (3) produtos para a Educação em Ciências e Matemáticas no contexto regional da Amazônia.
3.5 Meta a médio prazo
Há previsão de formar, até 2020, cerca de 120 (cento e vinte) novos doutores da área já credenciados no programa (25), aos doutores que aguardam cumprir os critérios da área 46 para área credenciamento (30) e aos docentes que estão migrando para área (40), já credenciados no Programa como pesquisadores nos 09 NÚCLEOS ESTADUAIS DE ESTUDOS E PESQUISAS EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS E MATEMÁTICA, contabilizaremos, na região, ao final do período, cerca de 215 doutores com titulação, produção e experiência em pesquisa em Educação em Ciências e Matemática. Assim, em cada um dos nove Estados que compõem a Amazônia Legal, contaremos, em média, com 20 doutores da área (novos e experientes), o que nos possibilita assumir a meta de, até 2021, ter implantado em cada Estado da Amazônia Legal Brasileira um programa de MESTRADO EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS E MATEMÁTICA, acadêmico ou profissional, dependendo da demanda de cada Estado, que formará seus mestres na própria região. Estes mesmos mestres terão na região um ou mais programas de doutorado para dar continuidade e sua formação e titulação, desencadeando, assim, um processo de qualificação dos docentes, com menor investimentos em deslocamentos a outras regiões do país. Esta ação possibilitará ainda, maior fixação de doutores na região, com produção de conhecimentos necessários ao desenvolvimento regional e um incremento na qualidade das Licenciaturas e da Educação básica.
Coordenador do Pólo Amazonas: Profa: Dra. Josefina Barrera D. Kalhil
Endereço: Avenida Djalma Batista, 2470. Chapada, Manaus - Amazonas - Brasil
CEP: 69050-010 - Telefone/Fax: 55 92 3232-0756 - ensinodeciencia@uea.edu.br
- MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS NA AMAZÔNIA
2.2 Caracterização do curso
Este é um curso novo, resultante dos desdobramentos da interface ensino-pesquisa a partir do processo de consolidação do Programa de Mestrado Profissionalizante em Ensino de Ciências na Amazônia, credenciado pela Capes no ano de 2006, atualmente no ápice do seu incremento, visto que houve quatro entradas, sendo que a primeira foi concluída, no início de 2009, com 100% de êxito, com 19 mestres titulados, estando, atualmente, uma em fase de conclusão, e a última com a conclusão prevista para o mês de julho de 2011. Decorrente desse percurso feito, ficou evidente a necessidade de incremento da pesquisa básica, como elemento incremento imprescindível para a pesquisa aplicada, que é uma das características básicas do Mestrado Profissionalizante. A partir disso, nas reuniões dos grupos de pesquisa que estão vinculados aquele curso stricto sensu, assim como nas reuniões do seu colegiado começaram a ser levantados questionamentos a respeito da necessidade de investimento em um processo formativo que buscasse a caracterização do ensino de Ciências por um viés mais acadêmico, cujo foco prioriza-se não somente a geração de processos e produtos para otimização do ensino, mas também o redimensionamento da ciência para além do ensino, a partir da busca de consolidação da interface educação-ciência, adotando como eixo mediador a construção de uma cidadania que, efetivamente, seja para a vida.
A preocupação com a grande carência da área de Educação em Ciências na região, inclusive a demanda reprimida existente na formação de professores de Ciências no Amazonas, comprovam a necessidade premente de tratarmos com bastante atenção as questões relacionadas as temáticas emergentes de Ciências, para efeito de consolidação de uma efetiva Educação em Ciências. Considerando, dentre outros aspectos, os mencionados acima, priorizou-se como meta a apresentação da proposta de Mestrado Acadêmico em Educação em Ciências, aqui em fase de descrição.
2.2 Perfil do profissional a ser formado
O mestre em Educação em Ciências, egresso do Programa de Mestrado Acadêmico Educação em Ciências na Amazônia, é o profissional pesquisador engajado na construção da cidadania, desenvolvendo pesquisas e produzindo conhecimentos na área, com vistas à implantação e implementação de projetos promotores do desenvolvimento regional e local. É um profissional docente-pesquisador-formador diferenciado, atuante em projetos e ações que incidam em processos e/ou produtos que promovam a melhoria da qualidade do ensino e aprendizagem na Educação Básica e na Formação inicial e continuada de professores, focando suas práticas pedagógicas e suas investigações em questões capazes de legitimarem a educação em ciências. Tais profissionais precisam ser qualificados com atributos especiais de autonomia, de competência e de inovação, que os tornem capazes de formular, planejar, desenvolver e avaliar (1) projetos de pesquisas, (2) novas metodologias e (3) produtos para a Educação em Ciências no contexto regional da Amazônia.
2.3 Objetivos Norteadores
- Formar docentes pesquisadores, em nível de mestre, na área de Ensino de Ciências e Matemática, tanto em termos teóricos, quanto metodológicos de pesquisa, para atuação de maneira altamente qualificada no ensino e na produção de conhecimentos, dando ênfase às questões da Amazônia;
- Fortalecer, a partir do ensino e da pesquisa, os grupos de estudo e pesquisa, de modo a consolidar grupos de pesquisadores aptos a construir conhecimentos na Área 46;
- Contribuir efetivamente para a formação de professores, em especial aos docentes que atuam nas licenciaturas em Química, Física, Biologia e Matemática e docentes que atuam em cursos de Pedagogia, concorrendo, assim, para mudanças de patamar na qualidade do ensino e da pesquisa na Região Amazônica.
- MESTRADO PROFISSIONALIZANTE EM ENSINO DE CIÊNCIAS NA AMAZÔNIA
1.1 Conceito na CAPES - 3
1.2 Caracterização do Curso
O Mestrado Profissional em Ensino de Ciências na Amazônia é parte integrante do Programa de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia da Escola Normal Superior (ENS) da UEA. Resulta de uma trajetória de pesquisa e ensino, e foi aprovado no Conselho Universitário da UEA pela Resolução nº 06/2005. A proposta está sustentada por um trabalho coletivo de um grupo de professores comprometidos com a intenção de retroalimentar a pesquisa a partir da prática pedagógica, centrando-se em estudos científicos sobre o ensino no contexto escolar para a melhoria do nível educacional em diferentes esferas do sistema educacional amazônico. Iniciou a primeira turma no ano de 2006, e tem seu encerramento programado para o mês de julho de 2012, conforme negociação com a Comissão de avaliação da Área 46 (CAPES).
1.2 Perfil do profissional a ser formado
O Mestre em Ensino de Ciências, pós-graduado da UEA, é o profissional que contribui para a melhoria do Ensino de Ciências na Amazônia, a partir de uma das duas vertentes: desenvolvendo estudos sobre situações relacionadas ao processo de formação de professores em Ensino de Ciências; Avaliando, elaborando, implantando e implementando meios e recursos didático-pedagógicos centrados no ensino das Ciências Naturais, de Biologia, de Química e de Física.
1.3 Objetivos
1.3.1 Geral:
- Capacitar recursos humanos para atuar na docência e na pesquisa em ensino de ciências, pautando-se na proposição e aplicação de pressupostos teóricos e metodológicos conseqüentes de problematizações fomentadas a partir das linhas de pesquisa do programa, contribuindo para o desenvolvimento da pesquisa, ensino-aprendizagem na Região Amazônica.

1.3.2 Específicos:
- Contribuir para a melhoria do Ensino de Ciências na Amazônia, a partir do desenvolvimento de estudos sobre situações relacionadas ao processo de formação de professores, centrando-se em fundamentos epistemológicos, teóricos e metodológicos, para efeito de criação e proposição de alternativas transformadoras para as práticas pedagógicas, e respectivas potencialização e maximização da aprendizagem escolar e do processo de formação docente para o Ensino de Ciências Naturais no Ensino Fundamental e Médio;
- Avaliar, elaborar, implantar e implementar meios e recursos didático-pedagógicos centrados no ensino de Ciências Naturais, Biologia, de Química e de Física, a partir de metodologias e tecnologias desenvolvidas em laboratórios e ambientes escolares, para efeito de otimização do ensino de Ciências na Amazônia.

1.3.3 Perfil do profissional a ser formado: o Mestre em Ensino de Ciências, pós-graduado da UEA, é o profissional que contribui para a melhoria do Ensino de Ciências na Amazônia, a partir de uma das duas vertentes: desenvolvendo estudos sobre situações relacionadas ao processo de formação de professores de Ciências; Avaliando, elaborando, implantando e implementando meios e recursos didático-pedagógicos centrados no ensino de Ciências Naturais, de Biologia, de Química e de Física.
ARETÉ - Revista Eletrônica
Periódicos da CAPES
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Curriculo Lattes
Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado do Amazonas
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
© Governo do Amazonas. Todos os direitos reservados.